Keblinger

Keblinger

Amor Sem Dor

Não existe amor sem dor
Embora exista dor sem amor.
Eu te amo, tu não me amas.
Tá doendo, tá ardendo.
Apertando, sufocando.

Você não me ama
Você não me chama.
Por isso queima dentro de mim
Essa chama que parece
Não ter fim.

Não existe amor sem dor
Não existe minha boca
Sem seus beijos com ardor.
Não existe mais retorno
Pois nem houve chegada.

Carolina Salcides

Um comentário:

  1. "mora na filosofia, pra que rimar amor e dor?" (C. veloso) Aqui tu vai um pouco além, pois termina com ausência de começo.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Copyright © 2005-2013 Carolina salcides. All Rights Reserved. Todos os Direitos Reservados.