Keblinger

Keblinger

Vivências


Se fosse apenas uma borboleta
Marcada em meu corpo...
Acho que me sentiria nua.
Um corpo que de marcas
Tem um tanto.
Como pedras tem na rua.

Marcas de amor
Tatuadas em forma de flor.
Rugas de lágrimas que escorrem
Nos rostos que encolhem
Caminhos da dor.

Se fosse pouco o sol
Não seriam tantas pintas
Se o caminho não fosse reto
Eu não teria tantas curvas.

As marcas do corpo são vivências
As da alma experiências.
Todas marcas tem histórias
Toda história tem sua marca.

Carolina Salcides

24 comentários:

  1. Obrigado!!! Como sempre você tem uma capacidade muito grande articular as palavras. Es um gênio em forma de pessoa beijos

    ResponderExcluir
  2. Telmo Campos6/2/06 14:52

    bom dia K,

    Que saudades das suas poesias heim...

    Faz um tempão que vc não mandava nada para seus admiradores.

    Um Super beijo pra vc e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  3. Amistica6/2/06 15:56

    Mais uma belíssima poesia sua que leio...
    E concordo plenamente...
    Com sua "VIVÊNCIAS"..

    PARABÉNS QUERIDA...
    Bjs

    Amistica

    ResponderExcluir
  4. Um corpo que de marcas tem um tanto
    como pedras tem a rua...
    achei linda a poesia.
    palavras pensadas em contexto.
    parabéns.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo6/2/06 18:32

    tu tá ficando craque, meu amooooooooooooorrr!!!

    ResponderExcluir
  6. lindinha, vc encontrará muitas outras poesias suas em comentários que faço nos flogs e até nos meus fotologs.
    realmente são de uma sensibilidade e sentimentos encantadores...
    espero que vc veja isso como uma homenagem, tanto que nunca deixo de creditá-la...

    agora que conheci seu flog, espero poder estar sempre em contato com vc

    um carinho

    Você
    Feche os olhos.....
    respire fundo....
    pense no que te traz
    mais paz....
    e descubra o porquê.
    Abra-os...
    e acredite
    a vida é linda!
    E toda a verdadeira beleza
    está dentro de você!


    (silvane saboia)

    ResponderExcluir
  7. Todas marcas tem histórias
    Toda história tem sua marca

    A poesia está maravilhosa, mas estes últimos versos foram os mais
    profundos, mais sinceros e sensatos, descrevem bem uma das verdades da
    vida...
    Mil Bjos

    ResponderExcluir
  8. Anônimo7/2/06 19:06

    Teresa Cordioli

    Minha querida amiga, mais do que uma simples borboleta....uma Deusa, uma escritora, uma amiga linda que nos deixa recados encantadores...

    beijos meu anjo, obrigada pela visita, e lindo, lindos ... estão seus poemas..

    Sucesso, alegria e amor...

    ResponderExcluir
  9. Muito obrigada pela tua visita. Segui o teu rasto até aqui e simplesmente adorei o que li...palavras que lapidas deixando apurar a essência dum sentir profundo. Belíssimo poema. Beijinhos :)

    ResponderExcluir
  10. Anônimo8/2/06 14:12

    Oi Carol, enviei um e-mail p/ teu e-mail do yahoo, por favor leia.
    Obrigada. Desculpe escrever aqui, mas não tinha outro meio de avisar...
    Gláucia.

    ResponderExcluir
  11. Quem na vida não tem o que contar???
    "vivências" são tantos caminhos tantas experiencias.

    Felicidades
    Linda a poesia.

    Mulher Misteriosa.

    ResponderExcluir
  12. Olá...
    Como vai?
    Adorei o que escreveu...
    São as marcas da vida... as marcas de expressão... são o que nós passamos, sentimos e buscamos...
    beijo

    ResponderExcluir
  13. Oi, linda! Também escrevo poesias, às vezes. rs. Mas muito melhor é medeparar com um espaço tão agradável, repleto de sentimentos, experiências e sensações diversas.
    Que vc sempre seja iluminada por esta inspiração sem precedentes e que a sua vida de surpreenda, a cada dia, com novos presentes, com muita alegria e com momentos inexplicáveis.
    Obrigado por vc existir!
    Beijos!!!

    Fui........

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pela poesia que vai ser publicada!!! Acredito q será apenas a primeira de muitas!!!
    A proposito, só por curiosidade: Você se inspira nas imagens, ou busca a imagem perfeita pro poema?!
    Fiquei intrigada com com a forma com q a imagem q você posta tem tanto do poema!!!
    Bjim

    ResponderExcluir
  15. Fiquei surpresa com o comentário no meu blog. Já fazia um tempo que não visitava, nem atualizava, até que no dia 07 resolvi dar as caras no blogger. Enfim, o mundo fada poetisa, foi reconstruido, depois de uma queda de emoções da autora, não consegui recuperar 100% do coração partido, mas consegui o blog de volta. E de uns tempos pra cá, perdi muitos "amigos" blogueiros, mas atualizo mesmo assim porque fico em paz com minha alma e meus pensamentos.
    Quando vi seu comentário, achei legal, pensei, será que vai ser apenas 1 dia, apenas 1 comentário? Me enganei, senti nas suas palavras, tens alma de poeta, sonha, vive, vai atras dos sonhos, e é assim que eu vi algumas de suas características ( parecidas com a minha ) num blog cheio de magia. Eu amo poesia. E pode ter certeza que voltarei mais vezes aqui.
    Obrigada Fada Poetisa por suas palavras hoje!
    Tenha um ótimo final de semana. Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oiee Carol...

    São tantas vivencias q temos q passar nesta vida q temos q ter kbça pra levar td na vida...

    Mto linda esta poesia... dificil dizer qual é q é a + linda...

    Bjs e vc merece mto + q apenas uma poesia em 1 livro e sim 1 livro inteiro...

    ResponderExcluir
  17. Oi tudo bem??? vi seu blog na comunidade do Mosaico, eu tb terei minha poesia publicada lá...adorei seu blog, suas poesias são lindas e seu blog é famoso...tantas visitas...bom, eu queri te perguntar como que se faz pra registrar as poesias...aguardo sua resposta.

    ResponderExcluir
  18. Se o caminho não fosse reto
    Eu não teria tantas curvas

    Gostei muito desses versos, são fortes e instigantes.

    Ainda bem que a antologia Mosaico nos uniu, assim podemos descobrir belíssimas poesias. Um parabéns para todos nós que suamos a pena.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  19. Carol como estas vivências dirias marcas ..neste momento de minha vida
    me fazem sofrer..mas é assim..

    ResponderExcluir
  20. Bá Witch15/2/06 23:08

    KALOLS, AMIGA!!! Q SAUDADE D VC BRUXA... COMO SEMPRE O DOM DAS PALAVRAS FLUI DE TEUS DEDOS QUASE TÃO SIMPLESMENTE COMO RESPIRAS... ACHO QUE ISSO ACONTECE COM AS PESSOAS COMO NÓS, QUE RESPIRAM MAGIA E SENTIMENTO... OBRIGADA POR ESTA LINDA POESIA QUE TRADUZ EM PALAVRAS AQUILO QUE VIVEMOS QUE COMO TUDO NOS MARCA!!! BEIJOS

    ResponderExcluir
  21. Oi...
    Gostei do poema Serpente...
    É uma mulher sedutora e fatal que descreveu...
    Também gostaria de te convidar a visitar o meu novo blog de gifs... ainda estou arrumando mas espero que esteja ficando bom...
    --> http://www.gifsmisticos.blogger.com.br/index.html

    Beijo e bom final de semana...

    Ah sim... não posso esquecer de parabenizá-la pela publicação do poema no livro Mosaico...

    ResponderExcluir
  22. Olá Carol ... Estou passando para ver as novidades... Achei legal o poema... Espero que esteja aproveitando a praia... Desejo a vc uma ótima semana... Depois passa no meu blog pessoal para conhecê-lo, está de cara nova ok.. Bjos de fadas...

    ResponderExcluir
  23. Lindas Palavras e Poesias.Sou apaixonada por Borboletas.Boa noite pra ti.

    ResponderExcluir
  24. Não é preciso muito para tocar no fundo do nosso ser...Você consegue...Parabéns...vivo cada poema seu...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Copyright © 2005-2013 Carolina salcides. All Rights Reserved. Todos os Direitos Reservados.