Keblinger

Keblinger

Celebração Íntima

A lua me observa da janela
Reflete em mim tudo aquilo que tenho que desvendar.
Eu fico assim, fascinada olhando ela
Mesmo cheia, nova ou a minguar.

Todas as fases, todas as formas
Todas elas têm sua beleza.
De cara lavada ou pintada
Plebéia ou realeza.

A lua me ensina o inconstante
A minha mulher interior grita.
A natureza me mostra o equilíbrio num instante.
E eu aceito o natural que me fita.

Uma celebração íntima
Uma exaltação exterior
Uma busca de mim mesma
Uma aceitação interior.

Carolina Salcides

2 comentários:

  1. puxa são shows,foderasas,tambem gosto de escrever mais ainda não tenho seu talento,ve essa frase se é boa. ''quero ser valorizada por quem amo e amada por quem valorizo''é uma frase de uma poesia minha.

    ResponderExcluir
  2. Ah, essas noites de lua cheia......................

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Copyright © 2005-2013 Carolina salcides. All Rights Reserved. Todos os Direitos Reservados.