Keblinger

Keblinger

Soneto De Alma


Serei assim, atenta até o fim
Hoje, amanhã e sempre.
Enquanto tiver você pra mim
Eu te amarei devotamente.

Serás meu primeiro pensamento ao acordar
E o último com quem irei deitar.
Não importa quantos passaram
Importa aquele que vai ficar.

Serei assim, a guardiã desse amor .
Um amor que tantos querem, um amor que é só nosso
Um amor antigo, um amor de alma, carnal e fatal.

Então ficaremos assim, juntos até o céu.
Mesmo que caiam tempestades
E o vento nos retire o véu.

Carolina Salcides

4 comentários:

  1. Maravilhoso este soneto de alma, porque é muito bom amar assim, sentir um amor assim, viver um amor assim. Parabéns. Lindíssimo.

    ResponderExcluir
  2. MÁXIMA POETISA!!!Você faz com que as palavras nos deixe deitadinhos no casulo da alma...Obrigada! Abrçs amazoõõñicos!

    ResponderExcluir
  3. Adorei este soneto
    Escreve um para mim enviar para uma pessa especial que amo muito.
    beijos

    ResponderExcluir
  4. adoro teus poemas se passares no meu blog eu usei um dos teus poemas que adoro "desculpa" se não quiseres que o ponha deixa la um comentario e eu tiro ,eu adoro os teus poemas sempre que posso venho aqui ler
    bjs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Copyright © 2005-2013 Carolina salcides. All Rights Reserved. Todos os Direitos Reservados.