Keblinger

Keblinger

Fonte De Amor

Tão sagrado e mágico
Quanto a água da chuva que escorre por entre as folhas
Esse amor
Que desliza com maestria e sutileza
Pelo meu corpo e alma
Pela minha rotina e desejos
Purificando e fortalecendo
Essa energia que nos une
Num simples gesto
De entrega
Jorra em mim tua essência
Que transbordo em paixão
Cada gota que escorre
Assanha meu corpo
E aquece o coração
Que essa fonte não seque
Que sempre me regue
Para que eu viva
E me abra eternamente para ti.


Carolina Salcides

22.09.05


3 comentários:

  1. Uma fonte de amor assim, será sempre uma eterna fonte de vida. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Daniel Cardoso6/8/06 16:11

    Saúdo-a novamente, Carolina. Com prazer comento mais este teu poema. Conseguiste atingir neste poema uma profundidade dentro dos sentimentos realmente difícil de conseguir. Demonstra sua habilidade em conjugar o amor nas palavras, que belo talento. Carinhosos abraços.

    ResponderExcluir
  3. Ele é lindo,realmente perfeito,fala sobre uma fonte de amor,que sera eterna. Mas oque as pessoas querem são palavras ,jogos de rimas.muuuito obrigada pela oportunidade de apreciar seus belos poemas,beijos, Luryan Caroline Ferreira-Escritora.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Copyright © 2005-2013 Carolina salcides. All Rights Reserved. Todos os Direitos Reservados.